header ads

Passageiros apontam problemas na estação de Campanhã.

Fotografia: Nova Nacional Fm | André Carvalho

Escadas rolantes fora de serviço, um elevador parado e partes da cobertura interior que ruíram são alguns dos problemas da estação de metro de Campanhã, no Porto, apontados esta quarta-feira por passageiros.


"A obra nunca foi concluída. Já lá presenciei cenas absurdas de água a cair em cascata pelo tecto", referiu um de muitos cidadãos que comentaram o alerta lançado nas redes sociais.As imagens da degradação foram tiradas por André Carvalho e divulgadas na página de Facebook ‘Porto. O Lado Abandonado da Cidade’. "Essa estação sempre teve problemas. Nunca foi devidamente acabada", lamenta uma utente.

A Infraestruturas de Portugal (IP) responde que "por razões não imputáveis à IP, foi necessário imobilizar a escada rolante, estando a empresa a desenvolver todas as ações necessárias para restabelecer o funcionamento".

Já a avaria no elevador foi "prontamente reparada". Relativamente ao edifício, refere que "tem vindo a promover as ações para salvaguardar a segurança dos utentes". "Mais se informa que toda a zona será transferida para a autarquia no âmbito do Terminal Intermodal de Campanhã", acrescenta.

A obra do Terminal teve início em setembro, num investimento de 12,6 milhões de euros, a executar em 21 meses.